Como se situa a conjuntura internacional?

Para compreender melhor o contexto social e político em que estamos, faz-se necessário uma análise dos fatos que ocorreram para a formação da nossa sociedade internacional atual. Desse modo, no post de hoje, vamos fazer uma linha do tempo, observando alguns casos ocorridos entre 1985 até o ano de 1992, a fim de auxiliar os estudos para a nossa Conferência De Viena sobre os Direitos Humanos em 1993.

No ano de 1985, precisamente no dia 5 de março, ocorreu na América Latina a queda da Ditadura Militar no Brasil. O regime começou no ano de 1964 possuindo o caráter autoritário em que teve início com o golpe militar, assim, o militarismo na política brasileira durou vinte e um anos (1964-1985). Nesse governo foi estabelecido a redução de direitos dos cidadãos, perseguições políticas e censura à imprensa. Dessa maneira, o Brasil passa por uma redemocratização na sua política. Além do Brasil, outros países da América Latina passaram por uma redemocratização, como no caso da Bolívia, que teve início em 1978 e se concretizou em 1982, quando foi concebido as eleições diretas no país e com isso colocando fim ao regime ditatorial boliviano. Na Argentina, a ditadura que começou no ano de 1940, se estendeu até a primeira metade da década de 1980, salientando que de 1966 e 1976, os militares estabeleceram regimes autoritários mais duradouros, assim sendo, com a invasão das ilhas Malvinas em 1982, no qual houve a derrota por parte do exército argentino para os ingleses, e assim, apressando o fim da ditadura argentina. Adiante, também houve redemocratização do Chile, onde possuiu uma ditadura militar, que é caracterizado pela abolição de partidos políticos e pela perseguição de discordantes, entre os anos de 1973 e pondo fim no ano de 1990 com as eleições diretas para presidente. 

No continente asiático, o período de 1980 foi marcado por um grande conflito militar travado entre o Irã e o Iraque que se estendeu até o ano de 1988.  Esta guerra começou quando os militares iraquianos invadiram o território iraniano no dia 22 de setembro de 1980, com o passar do tempo, esta guerra passa então a acolher aspectos religiosos e nacionalistas, possuindo o papel do xiitas e curdos nesse momento de conflito. A resolução desse confronto aconteceu, no dia 20 de agosto de 1988, com a resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas aplicada com intuito de cessar-fogo entre os dois países e que foi aceito pelos mesmos. Da mesma forma, neste período a China passava por diversos desafios desde a sua abertura econômica em 1980, como o Massacre da Praça da Paz Celestial em 1989, onde consistiu na punição do governo chinês, usando da força militar chinesa e assim acarretando em diversos assassinatos de civis, às manifestações populares lideradas por estudantes e intelectuais que estavam insatisfeitos com a economia do país, onde foi realizada de forma pacífica em Pequim.  

Partindo para a perspectiva europeia, destaca-se diversos acontecimentos marcantes para a política internacional. Em linhas cronológicas, no ano de 1986 acontece o grande desastre na Ucrânia, com o maior acidente nuclear da história, acarretando na dissipação de material radioativo na atmosfera e assim se espalhando pela Europa e o mundo. Mais adiante, no ano de 1989, depois de 28 anos de existência, acontece a queda do muro de Berlim, que separava a Alemanha em duas divisões de mundo, o bloco capitalista e o bloco socialista, assim, este processo político culminou para a reunificação da Alemanha em 1990. Nesse período, a União Soviética estava em sua ruptura por consequência de uma grande crise econômica e política que atingiu o país desde o ano de 1970, consequentemente ocasionando o fim da Guerra Fria no dia 26 de dezembro de 1991. Além disso, em fevereiro de 1992 é estabelecido e assinado o Tratado de Maastricht, criando-se então o bloco da União Europeia, possuindo o objetivo de reforçar a afinidade econômica e instituir uma união entre os países da Europa.

Analisando o contexto do continente africano neste período, cabe analisar o início do processo ao fim do apartheid na África do Sul, que foi um regime onde foi consolidado institucionalmente a segregação racial no país, uma vez que apenas a minoria branca possuía direitos, como por exemplo o direito ao voto, e a maioria negra sendo marginalizada pelos seus governantes. Desse modo, o apartheid foi oficializado na África do Sul em 1948 com o Novo Partido Nacional e possuindo seu fim em 1990 com a liberdade do líder Nelson Mandela, sendo ele um grande ativista dos direitos dos negros no país e que foi mantido em cárcere durante 27 anos. Além disso, a Nigéria possuiu grande destaque na luta contra o apartheid na África do Sul, mobilizando nações irmãs que se autogovernaram no início dos anos 60 até o seu fim com o objetivo de lutar pela liberdade dos negros na África Austral, com medidas relacionadas a educação como bolsa de estudos para estudar em universidades, escolas de enfermagem, politécnicos e faculdades de educação do país para os milhares de jovens sul-africanos e uma ajuda significativa para a saída de Nelson Mandela da prisão. 

Em última instância, para o contexto de direitos humanos nesse período, a ONU dá um grande passo para o desenvolvimento desses direitos. Além da resolução criado em 1988 para pôr o fim da guerra entre Irã e Iraque que foi dito anteriormente, é destacado o dia 17 de maio de 1990, onde a Organização Mundial da Saúde (OMS) retira a homossexualidade na classificação internacional de doenças criada por esta organização internacional. Para mais, destaca-se a importância das ONG’s na década de 1990, com uma expansão das mesmas e o aumento da formação de parcerias e voluntários, sobretudo, como exemplos, na área de meio ambiente na Conferência Rio-92 em 1992 e a importância do trabalho da Humans Rights Watch em 1991 com a Guerra do Golfo, que foi um conflito militar entre o Iraque e forças da Coalizão internacional, administrada pelos Estados Unidos, abordando as violações desses direitos em conflitos armados. 

Fontes Bibliográficas:

CASTRO, Celso. O golpe de 1964 e a instauração do regime militar. FGV CPDOC. https://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/FatosImagens/Golpe1964. Acesso em: 26 de ago. de 2021.

Cronologia: o Iraque de Saddam. BBC Brasil. São Paulo, sd. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/especial/1314_saddamsiraq2. Acesso em: 26. de ago. 2021

1986: Explosão no reator de Tchernobil. DW Brasil. São Paulo, 2016. Disponível em: https://www.dw.com/pt-br/1986-explos%C3%A3o-no-reator-de-tchernobil/a-506611. Acesso em: 26 de ago. de 2021

AZEVEDO, Beatriz. Na África do Sul, cultura foi um importante mecanismo de combate ao Apartheid. Jornal da USP. Disponível em: https://jornal.usp.br/ciencias/na-africa-do-sul-cultura-foi-um-importante-mecanismo-de-combate-ao-apartheid/. Acesso em: 26 de ago. 2021

Ascensão e queda do Muro de Berlim. Euronews. São Paulo, 2021. Disponível em: https://pt.euronews.com/2021/08/08/a-ascencao-e-queda-do-muro-de-berlim. Acesso em: 26 de ago. de 2021

KAUFMANN, Dirk Ulrich. DW Brasil. São Paulo, 2019. Disponível em: https://www.dw.com/pt-br/1986-encontro-reagan-gorbatchov-marca-fim-da-guerra-fria/a-297464. Acesso em: 26 de ago. de 2021

1998: Decidida a criação do euro. DW Brasil. São Paulo, sd. Disponível em: https://www.dw.com/pt-br/1998-decidida-a-cria%C3%A7%C3%A3o-do-euro/a-509821. Acesso em: 26 de ago. 2021

FRIDERICHS, Lidiane Elizabete. Transição democrática na Argentina e no Brasil: continuidades e rupturas. Transição na Argentina, Porto Alegre, v. 9, ed. 20, p. 439-455, 2017.

Histórico da Ditadura Civil-Militar do Chile. USP. São Paulo. sd. Disponível em: http://www.usp.br/memoriaeresistencia/?page_id=287. Acesso em: 27 de ago. 2021

SUDWORTH, John. Como a China ‘apagou da memória’ o Massacre da Praça da Paz Celestial, que completa 30 anos, BBC News. São Paulo. 2019. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/internacional-48495352. Acesso em: 27 de ago. de 2021

Nossa História. Human Rights Watch. Estados Unidos. sd. Disponível em: https://www.hrw.org/pt/nossa-historia. Acesso em: 27 de ago. de 2021

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: